segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

História da aliança para iniciar o ano...


Pois é meus amigos, chegámos a 2012, e como já todos temos uma ideia isto não vai ser bom! Mas ânimo que a coisa há-de correr bem, vão ver! Por isso hoje não vou falar de crise...vou falar de mim!

Até este momento tenho contado algumas histórias de "compinxas" de luta, mas nunca dissertei sobre algo relacionado com a minha pessoa. Isto não se trata apenas de uma história...mas sim de uma lição de vida! E está tudo relacionado com uma aliança. A minha aliança.

Para os mais distraídos, estou casado vai fazer 3 meses e nesse período fui um orgulhoso portador de aliança, por sinal bem bonita (pelo que dizem), e com a assinatura da Menina e tudo! Uma coisa mesmo moderna. Também por sinal a mesma não estava apertada no dedo, tipo "cilha de burro", não, nada disso. Estava à vontade...tão à vontade que com os dedos frios era preciso ter cuidado.

Tendo gosto nas minhas viaturas automóveis, decidi que na sexta após o trabalho seria bom ir dar banho à mesma, neste caso a mais pequena, o 106. Nada como ir de fim de semana com o carro lavadinho para depois "botá-lo" na garagem e levar o outro. Uma ideia que qualquer homem normalmente tem!

Dirigi-me eu à área de serviço para proceder a tal serviço no jetwash. No jetwash porque não gosto daqueles rolos que espancam o carro de forma violenta! Epá faz-me confusão aquilo andar em alta rotação a bater na chapa! Experimentem encher-se de lama e deixarem aquilo actuar durante uma semana, para ficar tipo crosta planetária. Após isso molhem um bocado. Depois metam-se num tapete rolante e passem nuns rolos...estão a ver a cena? Pois, é parecido, mas com o carro! Mas adiante! 

Meti a mão ao bolso para sacar as moedas e nesse momento, acontece o impensável...a aliança sai do dedo e encaminha-se para o gradeamento do esgoto! Arraçado de Cristiano Ronaldo, dou um pequeno toque com o pé na aliança, tentando assim evitar a desgraça. Acertei-lhe no momento certo, conseguindo desvia-la para o cimento mesmo ao lado! O pior é que estava para acontecer. Ao chegar ao cimento ela bate no dito cujo e decide, por ironia, retornar para o lado da grelha!

Sem reacção possível, cai a aliança no esgoto! Bem fiquei lixado, mas pensei "Humm....tenho ali umas luvas, vamos lá tirar isto e procurar", e assim fiz. Tirei a grelha, e vai de botar a mão naquela água que parecia um caldo primordial, assim meio nojento! Vai braço até ao cotovelo e fundo...nada! Pensei eu "...que raio!"...e antes de me matar ou cair lá de cabeça fui falar com o chefe da mangueira!

Ao falar com ele tive a minha desilusão! A fossa tem entre 1,80 e 2 metros de profundidade...hummmmm nada bom! Mas o Sr., por sinal bastante prestável, iria tentar procurá-la! Meio satisfeito dirigi-me à gerência do local e expor o facto!

Lá estava, uma senhora mais ou menos jovem, já meio informada da situação. Ao perguntar o que poderia fazer ela responde, de forma arrogante "Que quer que eu faça? Não tenho nada a ver com isso, nem podemos fazer nada. Não quer que eu vaze aquilo agora pois não?"

Ora bora lá engolir um sapinho! Então aquela criatura diz-me aquilo? A culpa não é deles, é um facto, mas que tal tratar bem a clientela? Não fica mal, e não fazem mais do que a sua obrigação! Meio indignado vim embora para não me passar da marmita!

Voltei a falar com o rapaz das lavagens e lá ficou ele de ver se a encontrava! Vou lá passar a ver se há boas ou más novidades mas...a esperança é a última a morrer!

Por isso meus amigos já sabem! Caso percam a vossa aliança sejam sinceros e expliquem o que aconteceu! Eu fiz isso e ainda estou vivo! :-) Caso queiram usar a minha história é favor de pagar os direitos de autor! Uma coisa é certa, já fiquei marcado, mas não há-de ser nada.

2011 acabou assim...vamos ver como começa o 2012!
Aguardem as Crónicas deste ano. Pelo andar da carruagem vamos ter pano para mangas!

Tenho dito...

Sem comentários: